Dose criativa

Trabalhando com contratos e evitando complicações

Olá ilustre, tudo bom?
Pensei em começar um projeto pessoal de posts no blog sobre tudo que vou aprendendo com ilustração em termos de formalização de trabalho e deixar algumas dicas por aqui.
Trabalhar com contratos foi uma forma prática que adquiri para evitar calotes. Fiz um contrato com termos básicos de politicas de uso e contrato de serviço baseado no meu trabalho de ilustradora. Neste post vou falar como você pode criar um contrato simples e que tenha explicado os serviços que você oferece e assim evitar colotes.

O contrato não precisa ter termos complexos, vários parágrafos e clausulas infinitas com letrinhas minusculas, basta ser claro e objetivo. O meu contrato tem apenas uma página e contém todas as informações que o cliente precisa saber.
Meu contrato de esclarecimento de trabalho é enviado quando um cliente solicita um orçamento de algum projeto que não seja retratos personalizados.

  • Cronograma

Aqui você coloca as informações de como funcionará o cronograma de trabalho.
– Na primeira fase você fará esboços em um prazo determinado.
– Na segunda fase o cliente aprovará ou não os esboços e escolhas de cores.
– Na terceira fase o ilustrador finalizada o projeto e enviará para a aprovação do cliente.
Você pode ter quantas fases forem necessárias para seu projeto, porém cada projeto é um tempo diferente por conta da complexidade, mas esse contrato é apenas de informações, e você não precisa necessariamente definir um prazo nesta página, mas caso o cliente concorde com os termos, vocês definirão os prazos num contrato de prestação de serviços. Falarei dele num outro post ok?

  • Pagamentos

Existem clientes que querem pagar depois que a arte está finalizada, então você trabalha e o cliente desaparece, sim isso pode acontecer. Para evitar esse e outros tipos de dores de cabeça estabeleça no seu contrato de esclarecimento de trabalho as formas de pagamento e como elas serão feitas.
– Formas de pagamento, PagSeguro, Paypal, Depósito? Fica a seu critério.
– Terá algum desconto?
– Poderá ser parcelado?
– O trabalho será iniciado após o pagamento total? 50%? 20%? Estabeleça isso.

  • Frete e Prazos

Se o que você produz precisa de envio, diga se irá cobrar por ele ou não. Estabeleça prazos para postagem.

  • Cancelamentos e multas 

Se o cliente cancelar o serviço após o pagamento será cobrado alguma taxa antes da devolução do valor pago? Estabeleça isso também, afinal terá momentos em que o cliente pode querer desistir da encomenda que você já iniciou. Você gastou tempo de trabalho e isso não é de graça.
Deixe claro também, que caso você venha a atrasar, ou por algum motivo não entregar o projeto no prazo estabelecido no contrato de prestação de serviço, se oferecerá algum desconto ao seu cliente.

  • Contatos 

Para finalizar, deixe seus contatos de trabalho, seja e-mail, telefone, ou até mesmo site. Esse contrato serve para a confiança que seu cliente terá por você, além de ser mais profissional e mostrar que você é um ilustre sério mesmo que informalmente. 
Bora colocar a mão na massa? 
quando seu trabalho estará realmente bom
Definir paleta de cores para ilustração
Calendário 2018: 12 Arcanos Maiores