Dose criativa

Fique onde está e então corra

 Livro: Fique onde está e então corra / Autor: John Boyne / Páginas: 219 / Editora: Seguinte / Meu Skoob: A Bella Cordeiro

"Ele ficou onde estava.
 E então correu."
 Quando li a última frase do livro não teve como não chorar, foi algo que realmente não esperava, foi uma frase que me fez ficar olhando para aquela última página sem ter uma reação, apenas esperando a lágrima secar.

 Fique onde está e então corra conta a história de uma família durante a primeira guerra mundial. Como é ficar numa guerra sem saber ao certo o que está acontecendo? Não havia internet, somente o jornal de papel que nem sempre era possível ler.
Durante a festa de 5 anos do menino Alfie a família dele e toda a vizinhança já estavam apreensivos por conta da guerra e achavam que não era um momento para comemorar aniversários, mas mesmo assim a mãe do Alfie fez uma bela festa para ele.
 A felicidade não durou muito quando George, pai do Alfie, chegou em casa com uniforme militar, ele havia se candidatado para lutar na guerra. Foi a última vez que Alfie viu seu pai.
Agora o menino tem 9 anos e tudo o que sabe é que seu pai estava numa missão secreta para o governo.
Alfie trabalha como engraxate escondido da mãe para ajudar nas finanças da casa, já que agora ela precisa trabalhar muito mais.
Quando George foi para a guerra, a única coisa que Alfie guardou foi um número "14 278". Certo dia ele estava engraxando o sapado de homem e foi quando ele deixou um monte papéis cair de sua pasta, Alfie o ajudou a catar desesperadamente e um dos papeis que pegou era uma lista de pacientes internados num hospital e tudo o que ele conseguiu ler foi:
"Summerfield, George
  Nasc:3/5/1887
  Nº 14 278"
Após esse dia Alfie começa uma missão secreta, que faz você fazer parte daquele mundo sofrido pela guerra, é horrível e ao mesmo tempo incrível.
O livro é super tranquilo de ler, a edição é ótima e não deixa a leitura cansativa, são pouquinhas páginas, mas uma escrita muito, mas muito bem construída que até a ultima página seu coração parece sair da boca, é lá no final que o título do livro faz todo o sentido, que você lê aquela frase e pensa "Uau, John Boyne!! O que você fez?". Todo mundo deveria ler esse livro.
Tarot Zen de Osho
Livros que me marcaram até aqui
Aplicativo para meditação guiada

Comente!
  • Bella Cordeiro

    Nesse livro vocÊ sofre,mas fica feliz <3

    Responder
  • Bella Cordeiro

    Já pensei em ler, minha irmã é fã desse autor e tem muitos livros do John aqui, estou selecionando aos poucos. <3

    Responder
  • Bella Cordeiro

    Que legal Dai!
    Acho que você vai gostar desse livro!

    Responder
  • Bella Cordeiro

    É a primeira vez que leio um livro com essa temática, pois não tenho um psicológico bom para eles, mas esse livro foi lindo!

    Responder
  • Bella Cordeiro

    É um livro maravilhoso! Vale a pena ler!

    Responder
  • Tary Belmont

    Não costumo ler livros sobre guerras e esse tipo de acontecimento histórico. Mas determinadas histórias são deveras emocionantes. Deve ser realmente interessante entrar neste contexto, um tipo de vida totalmente diferente do nosso atualmente, não consigo imaginar viver com esse temor constantemente e continuar seguindo a vida, como se a qualquer momento tudo fosse desmoronar a sua volta. Adicionado na lista com sucesso.

    Bites!
    Tary Belmont

    Responder
  • Victória Cardoso Ferreira

    Eu adoro ler/ver coisas sobre guerras, e o fato de ter sido escrito pelo mesmo autor de O Menino do Pijama Listrado – um livro super sensível – despertou ainda mais a minha curiosidade. Gostei da resenha!

    Beijos, Vickawaii
    http://finding-neverland.zip.net

    Responder
  • Bia Lourenço

    Sabendo que o autor é o mesmo de O menino do pijama listrado, fico me perguntando se tenho estrutura psicológica pra ler esse livro. hahaha

    Achei sua resenha super leve e gostosa de ler apesar da temática. 🙂

    Beijos

    Responder
  • Marcela Fabreti de Oliveira

    Gente, esse livro parece fantástico, mas que bad vibe que me deu, HAHAHA. Nem li e já estou chorando. Na verdade, tudo o que envolve crianças protagonistas em tempos de guerra já me deixa um buraco no estômago, porque eu sei que, se tiver coragem de começar a ler, vou terminar chorando agarrada no livro. Eu inclusive nunca consegui ler nem O Menino do Pijama Listrado (me contaram o final – já que eu não ia ler mesmo – e eu quase morri de tristeza) e nem O Diário de Anne Frank. Mas quem sabe um dia eu crie coragem e inclua esse na listinha também.
    Sentimentaligrafia

    Responder
  • Mia Sodré

    Adoro livros sobre guerras – tanto de ficção quanto reportagens – e tenho certeza de que vou gostar desse, apesar de toda a tristeza envolvida. Mas é sempre bom lermos histórias assim para lembrarmos de não seguirmos no mesmo caminho do ódio.

    ;*

    Responder
  • Mari

    Tenho uma leve impressão que eu choraria lendo esse livro. É o tipo de temática que me faz chorar sem nem precisar muito.
    Beijos
    Mari
    http://www.pequenosretalhos.com

    Responder
  • Andressa Souza

    Ai, John Boyne! <3 Amo o protagonismo que ele dá às crianças e todo esse ar de "poderia ter acontecido" das obras históricas dele. Entrou pra wishlist!

    http://www.coadjuvando.com.br

    Responder
  • Carla Vieira

    Gosto bastante de livros assim, apesar de sofrer um pouco durante a leitura!
    Adorei a resenha <3
    Beijos

    Responder
  • Thainá Christine

    John Boyne escreve histórias incríveis, né?
    Por enquanto eu só li O Menino do Pijama Listrado, mas adorei! A maneira que ele escreve sobre a guerra aos olhos de uma criança é maravilhoso e triste ao mesmo tempo. Acredito que este da resenha deva ter te passado a mesma sensação que senti ao ler o outro. Caso não tenha lido O Menino do Pijama Listrado, fica aí como indicação.

    http://sonhandoatravesdepalavras.blogspot.com.br/

    Responder
  • Dai Castro

    Eu gosto bastante de dramas com plano de fundo a primeira ou a segunda guerra mundial! Já li alguns livros mas esse em especial não conhecia, aliás preciso ler mais livros com esse tema, geralmente eu assisto alguns filmes assim e costuma me marcar bastante… Beijos!
    http://colorindonuvens.com/

    Responder
  • Profano Feminino

    Parece ser um livro incrível, mas eu não tenho psicológico para este tipo de livro. Acho interessante a temática, mas não curto muito em livros o tema.

    Blog Profano Feminino

    Responder
  • Tatiana Gallner

    Eu estou sempre lendo/assistindo coisas sobre a primeira guerra, ficção ou não é algo que me intriga muito.
    Ainda não conhecia esse livro, mas ele me chamou a atenção, pelo título, pela capa, pela sua resenha.
    Irei ler sem dúvidas, beijos!

    Capricati

    Responder
  • Bella Cordeiro

    Leia Sim! Esse livro estava aqui na prateleira a tanto tempo e foi o livro mais incrível que li na minha vida! Eu amei de verdade, no final fiquei umas meia hora olhando para o nada, tentando entender a genialidade do autor.

    Responder
  • Bella Cordeiro

    Esse livro é muito bom pra quem está começando a ler coisas sobre guerra, você chora, ms ele é lindo.

    Responder
  • Bella Cordeiro

    Obrigada Bia.
    Leia sim, o livro é lindo.

    Responder
  • Bella Cordeiro

    Tenho esses livros aqui, mas também nunca li. Recomendo muito que você leia, o final é incrível!!!

    Responder
  • Bella Cordeiro

    É muito bom mesmo Mia!
    Leia, acho que você vai adorar!

    Responder
  • Bella Cordeiro

    acredito que faria sim!eu chorei em várias partes!

    Responder
  • Bella Cordeiro

    Leia! Vale muito!

    Responder